Imagem capa - 3 Momentos Emocionantes que Vivi em Um Único Casamento que Vão te Deixar ARREPIADA! por Lucas Dreher
Para pensar

3 Momentos Emocionantes que Vivi em Um Único Casamento que Vão te Deixar ARREPIADA!


Como fotógrafo de casamentos, estamos acostumados a ver todos os tipos de casais, todos os tipos de cerimônias e todos os tipos de emoções.

Em especial, levo sempre comigo o casamento da Daisy e do Adriano, e os momentos que vou mencionar aqui...


E de cara, já vai uma pergunta que arrepia qualquer noiva:
Qual é o seu maior medo em relação ao casamento?


Normalmente a resposta é: Que tudo dê errado! Hahaha

E isso me leva a pensar no casamento da Daisy e do Adriano, por que no tão sonhado dia, tudo estava dando errado! 😱


Mas não pense que esta é uma história triste, por que não é!


Os imprevistos começaram no dia anterior. Como a cerimônia seria na parte da manhã em uma chácara, todos estavam contando com a preparação da decoração na véspera, durante a noite.

Mas a noiva descobriu por acaso que isso não seria possível, pois a chácara estava alugada! Então, toda a decoração teve que ser aprontada durante a madrugada e foi quando eles descobriram o segundo imprevisto, este que seria o pior. 😲😲


A concessionária de energia marcou uma manutenção na rede elétrica, justamente no horário da cerimônia! 

Fala sério, é de desesperar qualquer um né?


Mas com muita calma, conseguiram contratar um gerador de energia portátil de última hora. Ufa!


Chega o grande dia. Tudo pronto! 


Espera um minutinho só que o gerador não funcionou! Bora chamar a manutenção urgente.

Convidados chegando, se acomodando e nada da energia voltar...


Foi quando soubemos que nenhum garçom iria a festa! É sério! Houve uma emergência familiar e eles tiveram que deixar a recepção para atender.

Gente, não deixe a sua cerimônia sem uma assessora! Nesse dia, ela reinventou a festa e conseguiu resolver diversos problemas.


-Neste meio tempo a Noiva chega de carro, e fica esperando para iniciar a cerimônia, sem ainda saber de nada-



Olha só como ela estava plena!

Energia de volta depois de quase 2 horas! Uhul! Agora vai! Espera, como assim o som não está funcionando? hahaha Seria cômico se não fosse trágico né?

-O noivo já quase se descabelando, conseguiu manter a calma e a confiança na equipe-

Solucionamos o problema no som, hora de finalmente começar!

Como você acha que estavam os nervos nesse momento?

Apenas um parêntese aqui! O noivo prometeu no pré-casamento que não iria chorar, a noiva duvidou!

Continuando, no momento em que começa o casamento, todos se sentem aliviados e nós (eu e minha esposa Aline) estamos loucos para contar essa história, que teve uma das cerimônias mais emocionantes que estivemos presentes.


O primeiro momento de arrepiar foi a reação do noivo ao ver a noiva. A imagem fala por si só.

O Adriano, mesmo com todos os imprevistos se manteve firme, até ver a sua linda noiva aparecer no final do corredor.

Normalmente a primeira preocupação do fotógrafo é captar a entrada da noiva, pois ela naturalmente é a maior estrela do dia, mas vendo aquela cena, eu tive que dividir a minha atenção entre os dois.

O Adriano já não parecia o cara “machão” que conhecemos antes. Ele mostrou quem realmente era.



Ali, era só um cara descarregando toda a emoção de finalmente realizar o sonho da sua amada. Foi lindo demais presenciar esse momento. E o melhor, ter a competência necessária para fazer esse momento durar para sempre.


A cerimônia continuou com muito sentimento, até que outro momento deixou todo mundo com os olhos cheios de lágrimas.


O Pajem Heitor, que é filho do casal na sua entrada carregando as alianças não entendeu o que estava acontecendo, do porque de seus pais estarem chorando e se emocionou também.

Sei que ele não chorou por que entendia toda a pressão que os pais sofreram naquele dia, ou pelos imprevistos que aconteceram.


Ele chorou por que sentiu empatia pelos pais, e a pureza no coração daquele menino transbordou para todos que estavam participando.



É forte quando presenciamos um sentimento verdadeiro! Ali vimos um pouco da essência do que é ser humano. É de se pensar não é?


Heitor mais calmo, na sequência da cerimônia estava um dos momentos em que a emoção já é esperada: os VOTOS.


E não nos decepcionamos! As palavras ensaiadas e pensadas deram espaços para alguns improvisos, contextualizando um pouco do que aconteceu naquele dia.




As palavras foram lindas e comoveram a todos que estavam lá. Dava para sentir o amor e o carinho que ambos sentiam.


Imaginem o que será daqui a 20, 30 anos olhar para essas fotos, já com os netos no colo e lembrar do que foi um dia que tinha absolutamente tudo para dar errado, dar tão certo. Nos dá uma certa esperança não é?

- O Adriano ao ver aquela foto daqui a muito tempo, vai lembrar exatamente do que estava sentindo naquele momento. Aquele momento em que todos os problemas e toda a carga se esvaiu através do sorriso de sua linda noiva.

- O Heitor, já grande, irá olhar para sua foto e sentir a saudade de quando ele era apenas uma criança. Com toda a inocência de quem chora ao pensar que seus pais estão sofrendo. Talvez ele já tenha filhos quando se lembrar de sua mãe o consolando depois da cerimônia e ensinando que existem também lágrimas de alegria e que ela estava feliz.

- A Daisy vai lembrar do momento em que, após nove anos de relacionamento, realizou o sonho de se casar de noiva. E mostrou para todo mundo ali, o que sente pelo seu marido.


Novamente, o fotógrafo precisa ter a sensibilidade para enxergar todos estes lindos detalhes que acontecem em todos os casamentos.

-Se eu tivesse focado apenas na noiva e não olhasse para onde ninguém estava olhando, o sentimento do Adriano não teria o seu devido registro...

-Sem um bom posicionamento, teria perdido aquela lágrima da Daisy, que atravessou o seu rosto por poucos segundos...

Consegue perceber a importância? Nunca é só mais um casamento.


Por isso posso dizer, sem sombra de dúvidas, que fui e sou um privilegiado por poder estar naquele casamento e em tantos outros. Ser o escritor visual da história de um casal não tem preço.

E eu não sou capaz de mensurar o valor que estas fotos terão para essa família daqui a 15, 20 anos.